As bitas e os biteiros em Arari


As BITAS (bicicletas táxi) surgiram em Arari na década de 1990. Elas foram inventadas pelas Irmãs Franciscanas de Reute, dentre estas, a Irmã Nicole, que operacionalizou o projeto a partir de protótipos vistos por ela na Indonésia. Alguns serralheiros ararienses aderiram ao Projeto das Irmãs e passaram a confeccionar as primeiras bitas. Inicialmente, elas eram cobertas e possuíam um assento acolchoado, pois elas destinavam-se, primeiramente, ao transporte de pessoas. Eram como se fossem “táxis”, daí a origem do nome “BITA”. As bicicletas táxi ficavam em pontos estratégicos da cidade a fim de servirem aos usuários. Essa prestimosa invenção chamou a atenção da imprensa nacional e rendeu matéria ao semanário Fantástico, da Rede Globo.


Com a popularização das motos e dos carros na cidade, as bitas deixaram de ser usadas como meio de transporte de passageiros. A sua finalidade, desse modo, mudou. Elas passaram por readaptações e ganharam espaço para cargas. Assim, em Arari surgiu e se expandiu uma nova atividade: a de BITEIRO. Contudo, apesar das readaptações no veículo, o nome bita foi mantido e elas são, agora, ainda mais uteis à população arariense.


Os biteiros, condutores das bitas, possuem uma grande habilidade na condução e controle das mesmas. Diga-se de passagem, que, quem não tem costume de pedalar uma bita, não consegue controlá-la com destreza. Elas trafegam pelos quatro cantos da cidade, transportando as mais diversas cargas. Carregam materiais de construção, madeira, móveis, lixo, entulhos, mercadorias... Alguns comerciantes locais possuem bitas, ou contratam os biteiros, para fazerem a entrega em domicílio das compras de seus clientes. Também são utilizadas por muitos vendedores como instrumento de trabalho.


A atividade de biteiro é tão necessária, que deveria ser reconhecida, sim, como uma profissão. Inclusive, já existe uma mobilização entre eles com o intuito de criarem o seu sindicato e legalizarem a atividade. Fica, aqui, a nossa proposta à Câmara Municipal para ajudá-los desse escopo. Os biteiros prestam importantes serviços à sociedade. Acredito que a única cidade do mundo que possui a profissão de biteiro é Arari. Sim, profissão. Prefiro usar neste texto esse termo, pois muitos sustentam suas famílias com esse digno trabalho.


Outro ponto digno de menção em relação às bitas é que, durante as campanhas eleitorais para prefeito municipal, elas são bastantes disputadas para abrilhantarem as passeadas dos candidatos. Nesse período, surgem bitas de todo jeito. Alguns biteiros, animados pelas bebidas alcoólicas, realizam várias manobras na avenida, chamando a atenção dos espectadores do movimento.

Destaque
Tags

 2017. Adenildo Bezerra. Todos os direitos autorais reservados. 

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W